Terça, 16 de julho de 2024, responsável técnico Renyere Trovão Soares DRT-PR 3499

Telefone: (66) 9256-9631 | E-mail: contato@regiaoleste.com.br

Emanuelzinho defende que o pai continue prefeito e não concorra ao governo

23/07/2021

O deputado federal Emanuel Pinheiro Neto, o Emanuelzinho (PTB), defendeu que seu pai, o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), termine o mandato como prefeito de Cuiabá em dezembro de 2024, ao invés de se candidatar a governador para concorrer com Mauro Mendes (DEM) no ano que vem. O deputado disse que não vê a necessidade de Emanuel ser candidato ao governo, já que ainda tem muitas obras estruturantes em andamento em Cuiabá. Contudo, ele voltou a dizer que o ‘clamor popular’ pode mudar sua opinião, e a de seu pai. “Mas sou contrário a ele ser candidato. Acredito que deve terminar o mandato de prefeito, tem várias obras estruturantes em andamento. Não entendo como necessário sua candidatura. A não ser que parcela significativa da sociedade entenda”, falou. Apesar de não se colocar a favor da candidatura do pai, Emanuelzinho destacou que o prefeito tem força política suficiente para ser candidato em qualquer partido que escolher, o que viabilizaria sua disputa caso o MDB não queria apoiá-lo em 2022. Isso porque o partido enfrenta uma disputa interna: alguns filiados defendem a permanência do partido na base de Mauro para a reeleição, enquanto outra ala é adepta à candidatura de Emanuel ao governo. “Emanuel Pinheiro não depende do MDB para ser candidato, o sentimento vem das ruas. Em qualquer partido o nome dele é viável”, afirmou. Outro nome da família Pinheiro que é cotado para a disputa pelo governo do Estado é o da primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro. Nos bastidores, ela é vista como possível vice de uma chapa encabeçada por Dilceu Rossato (Republicanos), ex-prefeito de Sorriso. fonte: estadãomt

Anuncio

Grupo de notícia Politíca