Terça, 16 de julho de 2024, responsável técnico Renyere Trovão Soares DRT-PR 3499

Telefone: (66) 9256-9631 | E-mail: contato@regiaoleste.com.br

Ministro diz que Bolsonaro tem chance de ser reeleito no 1º turno

16/03/2022

Apesar de as pesquisas eleitorais indicarem o contrário, ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira, aposta na reeleição do chefe

Contra todos os prognósticos das pesquisas eleitorais divulgadas até hoje, o ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira, previu na madrugada desta quinta-feira (17/3), durante entrevista ao programa Conversa com Bial, da TV Globo, que o presidente Jair Bolsonaro (PL) será reeleito e, conforme previu, com chance de isso acontecer ainda no primeiro turno das eleições deste ano. "Eu tenho uma previsão. Muita gente acha que, daqui a dois meses, o presidente já vai estar em empate com o Lula. Nas convenções ( evento partidário para confirmar as candidaturas presidenciais), já vai estar na frente. Mais perto da eleição, nós vamos fazer as contas [para ver] se ele ganha no primeiro turno. Minha previsão é essa, pelas pesquisas que nós temos em mãos" declarou o ministro ao entrevistador da TV Globo. Lula Um dos principais líderes do Centrão, bloco de partidos do centro até a extrema direita, o ministro de Bolsonaro disse também, durante a entrevista, que avalia o ex-presidente Lula (PT) como um candidato "aprisionado", com medo de mostrar quem está a seu lado. Ciro Nogueira citou como exemplos de seu raciocínio a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) e Gleisi Hoffmann, deputada federal e presidente nacional do PT, como pessoas que atrapalham o petista. "Esse é o problema, ele não pode fazer campanha." Nordeste Entretanto, Ciro Nogueira disse também que Bolsonaro não tem chance de ganhar a eleição no Nordeste. "O presidente Bolsonaro vai ganhar no Nordeste? Não. Mas vai ter uma votação muito maior do que a que teve na eleição passada", disse, ao ser questionado sobre como os partidos de direita e centro farão para atacar Lula (PT) nos estados nordestinos. Para Nogueira, o presidente perde no Nordeste, mas ganha nas outras regiões do país, onde ele aposta que haverá uma derrota significativa de Lula. Colégio eleitoral De acordo com os últmos dados sivuilgados pelo Trbunal Superior Eleitoral (TSE), em 2020, a região Sudeste é a maior em número de eleitores, com 64.720.797, ou 42,99% dos aptos a votar. Em seguida vem a região Nordeste, onde há 40.654.818 eleitores (27,01% do total). O Sul conta com 14,47% dos eleitores, o que contabiliza 21.781.949 brasileiros. A região Norte tem 11.908.196 (7,91%) votantes. A região Centro-Oeste concentra o menor número de eleitores: 10.943.887 (7,27% do total). Esqueceu? Nogueira disse também que nunca um presidente deixou de ser reeleito no Brasil. Para ele, a população sente que o governante merece um segundo mandato. Ele parece ter esquecido, no entanto, do ex-presidente Fernando Collor, hoje senador, que foi o primeiro presidente eleito com a redemocratização do País, após a ditadura militar (1964/1985). Collor foi eleito em 1989, renunciou em 1992 para não se submeter ao processo de impeachment aberto na Câmara dos Deputados. Terceira via Para o ministro, a eleição deve se manter polarizada, conforme indicam as pesquisas, uma vez que nenhuma candidatura até aqui se viabilizou como terceira via. "As pessoas que se apresentaram, como o [Sergio] Moro, não passaram confiança. As pessoas sentiram [que é] um aproveitador de momento", disse. Fascista A respeito de Bolsonaro, a quem já chamou de fascista, o ministro vê um amadurecimento político do presidente da República. "Tivemos que nos unir para transformar esse país", disse o ministro, ex-aliado no Parlamento durante os dois mandatos de Lula (2003/2010). Fonte: estadodeminas

Anuncio

Grupo de notícia Vida & Informações